Quarta-feira, 05 de Maio de 2010

Eu quero o mar, quero o pôr-do-Sol, quero a calmaria dos fins de tarde na praia.

 

Quero o ar puro, quero os dias limpos, quero as horas calmas das manhãs no campo.

 

Quero as àrvores, e as flores silvestres, e os passarinhos nos dias de Primavera.

 

E quero a chuva, e o minuano, e as intempéries dos dias de Inverno.

 

Sem lixo, sem marés negras, sem peixes mortos na costa.

 

Sem carros, sem poluição, sem incêndios que destroem tudo. Sem abate de árvores, nem espezinhar de flores, sem caça ou pesca desnecessárias.

 

Sem inundações, nem deslizamentos, sem estátuas corroídas pelos ácidos da chuva.

 

Quero viver numa Terra livre, quero respirar em paz, quero olhar a Natureza toda que ainda me resta.

 

E quero guardá-la, preservá-la, e oferecê-la de presente aos meus filhos.

 

Intacta, bela, cheia de vida e fertilidade.

publicado por lookout às 22:11

Ohh que bonito!


Tmb quero isso tudo!
Catarina R a 7 de Maio de 2010 às 00:10

"Tu queres, tu consegues"! Tenhamos esperança! :)
lookout a 7 de Maio de 2010 às 19:25



mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Últ. comentários
Interessante
Achei a ideia muito interessante, seria um grande ...
Gostei muito da ideia, acho que seria uma óptima f...
A ideia é óptima!! Mas na prática, como aplicá-la?...
Muito Obrigado Vera! :) Ainda bem que gostaste!Se ...
gostei muito Maria :) beijinhos
Hay,Muito Obrigado pelo teu comentário!É de facto ...
li numa revista que havia uma aldeia em africa que...
Muito Obrigado eu, João, pelo teu comentário! :)
Obrigado pela divulgação!! Sempre que tiver mais c...